Acuario Rosa

Todo lo que rodea a la acuariofilia

Entrevista a Adriano Montoro Nicácio

Entrevista a Adriano Montoro Nicácio
por Óscar Pereiro

Fotografía de Cinthia Emerich

Olá Adriano, o primeiro é agradecer por conceder esta entrevista para Acuario Rosa

Pode fazer um pequeno resume do seu día a día?

Morei em Londrina-PR durante 1 ano e estou me mudando para Bauru-SP em janeiro de 2012. Em abril sigo para Curitiba-PR para dar seguimento ao meu curso de piloto de helicópteros.
Sou advogado na área de Direito Previdenciário.
Tenho um filho lindo chamado Matheus de 5 anos que já demonstra paixão pelo nosso querido hobby.
Além do aquapaisagismo, minha outra paixão era a montaria em touros. Participei do rodeio profissional no Brasil por algum tempo, mas abandonei as arenas a pedido do meu filho, por colecionar uma serie de acidentes.

Como começeu na aquariofilia?   E no aquapaisagismo en particular?

Quando criança morava em Quatá-SP e meu pai (Marco Antonio Nicácio) sempre me levava à Presidente Prudente-SP, para comprar aquários e peixes na loja Aquacenter. Tivemos vários aquários e com certeza ele foi meu primeiro e maior incentivador no hobby.

Quando meu filho nasceu (Matheus Nicácio) em março de 2007 eu queria fazer como meu pai e dar um aquário pra ele. Eu já morava em Presidente Prudente-SP e fui à mesma loja que meu pai me levava quando criança e comprei um aquário. Sempre voltava à loja pra comprar um peixinho novo e certo dia, entrei e me deparei com três obras de arte. A dona da loja, havia voltado de Londrina-PR e trazido consigo três aquários montados por Rony Suzuki. Naquele momento eu percebi que queria fazer aquilo pelo o resto da vida. Lembro-me como se fosse hoje. Entrei na loja e fiquei marvilhado!

Certa vez o Rony foi à Presidente Prudente dar um Workshop e fazer uma montagem ao vivo e isso me motivou mais ainda. Sem duvida o Rony é o responsável pelo meu interesse por este fantástico mundo dos plantados. Desde então sigo vidrado pelo hobby e mais ainda depois que me mudei pra Londrina-PR, tendo hoje como amigo, o maior aquapaisagista brasileiro de todos os tempos!

Nos concursos, quem me incentivou muito foi meu amigo Miron Araújo. Sempre insistia para eu participar, ouvir as críticas dos juízes e aprimorar mais a minha técnica. Talvez tenha sido com ele que aprendi que a crítica é sempre melhor do que o elogio.

AGA 2011 (2º colocado e mençao honrosa), primeiro colocado do CPA 2011,   6ª posição na categoria nanos CBAP 2010, 10ª posição ROAPLC 2011  , 44ª  No IAPLC 2011, 1º Lugar ASWC , CBAP 2011 (1º colocado e menção honrosa)  

Como se sinte uma pessoa que obtem estos resultados nos concursos?

Sinto-me realizado, porém acredito que hoje é muito mais fácil alguém conseguir estes resultados no Brasil. Anos atrás era muito mais difícil o acesso à informação, às plantas aquáticas e equipamentos. Por isso admiro os aquapaisagistas que começaram antes de mim, como Rony Suzuki, Alex Kawazaki, Enrico Monteiro, Luca Galarraga, entre outros.

Fotografía de Cinthia Emerich

Algum concurso que pense que nao foi valorado como merecía?

Acho que todos os resultados foram justos. Até porque, pra mim, o ranking não é tão importante quanto à divulgação do hobby.

Vou pedirte que sejas valiente… Quais sao os concursos que pensas tenhen mais prestigio e importancia no campo do paisagismo?

Sem duvida o concurso mais importante é o IAPLC. Ter meu layout em 7º colocado na avaliação do mestre Takashi Amano e 1º colocado na avaliação do grande Hajime Ozaki, foi um grande orgulho. Também acredito que o AGA e o ASE têm muito prestigio e ajudam muito na divulgação, principalmente internacional, dos trabalhos dos brasileiros.

Con respecto o IAPLC… Qué opiniao tems do concurso do Amano? Achas justas as clasificaçoes? Qual a tua opiniao ao respecto que non haja uma galería oficial en internet aberta a todo o mundo como o resto dos concursos conhecidos?

Até então julgava algo a seguir como exemplo, incontestável e único. Porém confesso que estou meio preocupado em relação às novas regras do concurso, principalmente com a votação popular e a escolha do Top 7 apenas pelos participantes presentes na “ADA Party”. Mas confio muito no mestre Takashi Amano e espero que o concurso não se transforme e um clube particular.

Acho que as classificações são justas e merecidas. Logicamente que nunca a minha opinião particular, sobre quais aquários deveriam figurar no Top 27 do concurso, é efetivada, porém isto é normal, já que temos diversos juízes, com pensamentos distintos.

Meu pensamento enquanto hobbysta é sempre de que a divulgação do hobby deve ser o primordial e o crescimento do aquapaisagismo deve prevalecer em relação a questões particulares. Sendo assim, acho importantíssimo que seja criada uma galeria pela própria ADA, para acesso gratuito por parte de todos os aquapaisagistas do mundo, até porque, privar todos do arquivo de layouts é incentivar a propagação irregular da informação por outros sites, que inclusive podem ter a intenção de obter lucro com ela.

Vendo pelo lado da organização do concurso é totalmente plausível e compreensivo que retenham as fotos até a divulgação do livro do concurso. Até porque existe um contrato de concessão, para que as fotos sejam exclusivas. E isso é um principio ético que todos os aquapaisagistas, participantes do concurso, devem respeitar, pois a partir do momento que se inscreveram, concordaram quanto a esse quesito. Porém, depois de certo período, na minha humilde opinião, deveria sim haver um arquivo oficial de layouts no site do concurso. Não acho justo que todos tenham que comprar o livro para poder estudar as imagens.

É conhecido que o Brasil é uma potencia mundial no campo do aquapaisagismo… Outra vez pido a tua valentía… Quais sao para ti os acuaristas que mais gostas?  E a nivel do resto dos países?

Sou amigo de praticamente todos os aquapaisagistas de destaque aqui no país. Posso citar meu amigo e mestre Rony Suzuki. Não admiro apenas suas montagens, pois ele é mais do que o melhor aquapaisagista brasileiro de todos os tempos. É sem dúvida, o maior responsável pela divulgação do hobby em nossa nação.

Gosto muito do estilo dos asiáticos e posso citar como os aquapaisagistas que mais admiro Cliff Hui, Long Tran Hoang, Dave Chow, Yutaka Kanno entre outros.

Umas preguntas técnicas se me permites:

Que fertilizantes utilizas nos teus trabalhos?

Já usei três fertilizantes que aprovei. Das marcas brasileiras MBreda e RC Flora. Também da japonesa ADA.

Cómo inicias un aquario?

Faço a montagem do hardscape e dificilmente faço o plantio no mesmo dia, pois gosto de fazer às vezes modificações bruscas até chegar a uma ideia final que me agrade. Após o plantio eu inicio a fertilização no mesmo dia e utilizo um fotoperíodo de 10 horas diárias. Faço TPA no primeiro dia apenas se a agua estiver turva. Caso contrário somente depois de cinco dias aproximadamente.

Neste periodo inicial achas inevitable a presença de algas como algo normal e pasageiro ou pensas que é posible evitalas? 

Acho que é possível evita-las, porém não me preocupo muito e não tenho medo delas.

Qual o teu substrato preferido?

Na verdade são dois. Ambos de marcas brasileiras. O Amazônia da marca MBreda e o Natural Soil da marca Aquamazon. Em 2012 usarei MBreda para os aquários grandes e Aquamazon para os pequenos.

Como realizas as TPAs?

Como normalmente eu adiciono a fauna ao layout uma semana antes da foto final, eu apenas faço a desclorificação quando existe a presença de animais. Ainda não sei como vou fazer quando começar com os camarões Malawas que pretendo usar como algueiros em meus futuros projetos, porém amigos já me disseram que eles podem ser adaptados para viver com certo nível de cloro na agua sem problemas. Vou pesquisar mais sobre o assunto. Na duvida usarei desclorificante.

Quando realizas uma TPA… muda a fertilizaçao da agua ou segues a mesma rutina?

Às vezes no dia em que faço a TPA não fertilizo o aquário. Às vezes fertilizo e com a mesma dosagem de sempre.

Achas útiles os peixes, camaroes, etc… “comedores de algas”? Quais os teus preferidos neste aspecto?

Sim. Aqui no Brasil nós temos os camarões Malawas que são ótimos algueiros. Gosto dos camarões pela sua função de faxineiro do aquário. Admiro a beleza de camarões como o Black Shadow, Black Bee, Red Bee, porém não é o meu objetivo manter um aquário de reprodução.

Quais os teus peixes preferidos?

Sem duvida prefiro os de tamanho diminuto que formam belos e compactos cardumes. Posso citar como exemplo o Hyphessobrycon Elachys, com menos de 1 cm, provenientes da bacia do Rio Paraguai.

E plantas?

Essa pergunta é mais difícil. Sou apaixonado por tantas que é praticamente impossível citar.


En que te inspiras para o disenho das paisagens?

Acredito que a inspiração é mais do que uma foto de uma bela paisagem ou um lindo lugar da natureza, mas sim é algo que te motiva no exato momento da montagem. Por isso às vezes vemos que um mesmo aquapaisagista pode fazer alguns trabalhos que transmitem total tranquilidade e leveza e outros layouts com bruta agressividade e obscuridade. Portando a inspiração, na minha opinião, é algo extremamente momentâneo e de difícil aferição do seu nexo causal.

Segues alguma regla, norma, proporçao…?

Conheço algumas regras, normas e proporções, mas procuro não me atentar muito a elas, pois acho que limitam minha criatividade. Procuro sempre focar na inspiração e o estilo que gosto.

Quais as tuas composiçoes preferidas?

Como sou um iniciante no hobby, tenho apenas quatro montagens concluídas até hoje, inclusive, em todas, usei o mesmo vidro (50x40x26cm) e não tive a oportunidade de fazer layouts com troncos, porém gosto muito de todos os estilos. Para o IAPLC de 2012 eu já tenho o hardscape de rochas e raízes preparado para meu layout de 120x45x40cm.


Ideas para melhorar o paisagismo no teu país…

Além de ajudar diversas pessoas que estão no começo do aprendizado, seguindo o que aprendi com meu mestre e amigo Rony Suzuki, tenho vários projetos pra difundir o hobby no país. Vou colocar em pratica com a ajuda do meu grupo, Natureaqua (www.natureaqua.com.br) e também de muitos outros amigos e colaboradores. Mas o principal é a união. Este ano tivemos um grande avanço nesse quesito, mas ainda existe muito que melhorar. Sinceramente acredito que o crescimento geral, é superior a qualquer crescimento individual, que o autodidatismo no aquapaisagismo é demagogia e que a informação compartilhada é a evolução!

Vou enumerar palavras e tu respondes brevemente o primeiro que te passe pela cabeça:

– Rony Suzuki
– Amano Brasileiro

– Takashi Amano – Uma lenda

– ADA – Qualidade e perfeccionismo

– Fabian Kussakawa – Grande amigo

– Japao – Origem

– Diana Walstad – Respeito

– Cliff Hui – O melhor

– Cianobacteria – Não, obrigado!

– Heiko Bleher – Vasta admiração

Obrigado e parabens!

Eu que agradeço pela oportunidade e parabenizo pela grande ajuda na divulgação do aquapaisagismo.

* Pode ler mais sobre Adriano en seu blog:

AMN Aquapaisagismo

Una respuesta a “Entrevista a Adriano Montoro Nicácio

  1. Dar 28 noviembre 2011 en 15:50

    Preciosos los acuarios!
    Vas a poner la entrevista traducida?

    Saludos

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s

A %d blogueros les gusta esto: